amo Direito

Como é o curso de formação da PRF?

Em 21/10/2021 | Baixe o App amo Direito
Por @agnaldobastosadvocacia | Como sabemos, o Curso de Formação Policial (CFP) no concurso da PRF é a fase que você deve passar antes de tomar posse no cargo que vai ocupar. Portanto, essa também é uma etapa muito importante no concurso.

Isso porque o curso de formação também é uma das fases eliminatórias e classificatórias. Por isso, é ideal que você se dedique e busque saber as normas e regras que o curso exige.

Vamos lá, vou lhe explicar melhor sobre o curso de formação para a PRF. 

O que é o Curso de Formação para a Polícia Rodoviária Federal?

O Curso de Formação Policial (CFP) é a segunda fase do concurso PRF e, inclusive, a aprovação nesta etapa é decisiva para você. 

Como acontece? Após receber a aprovação em todas as etapas anteriores, os candidatos devem participar de um treinamento para a carreira policial.

O curso tem a finalidade de preparar e aprimorar as habilidades e competências de cada profissional, além de avaliá-lo para decidir se seguirá na profissão, ou não. 

O que é praticado no Curso de Formação da PRF?

No curso de formação da PRF, você aprenderá na prática a rotina de um Policial Rodoviário Federal. 

O curso tem como finalidade ensinar como conduzir viaturas, verbalizar, utilizar o armamento e outros equipamentos, por exemplo, o spray de pimenta.

Como percebemos, não são somente aulas teóricas, pois as aulas práticas também são essenciais. No curso, alguns dos treinamentos são:

• Apreensão de drogas e armas;

• Atendimento a acidentes nas rodovias;

• Fiscalização de crimes ambientais;

• Fiscalização de tráfico;

• Fiscalização de crimes de exploração sexual infantil;

• Recuperação de veículos roubados.

Qual a duração do curso de formação da PRF?

O curso não tem prazo fixo, a duração e outros detalhes importantes são publicados no edital assim que o concurso é divulgado. 

Por exemplo: no curso que será realizado em 2021, conforme o Cebraspe, a carga horária será de 500 horas presenciais e/ou à distância, em tempo integral, com atividades sendo desenvolvidas tanto em turno diurno quanto noturno, inclusive sábados, domingos e feriados.

Onde é realizado o curso?

O curso de formação costuma ser realizado na academia da PRF, chamada também de Universidade Corporativa da Polícia Rodoviária Federal, localizada em Florianópolis/SC.

O local também é divulgado no edital inicial ou complementar. Por isso, é importante se manter atento às publicações no site da banca examinadora.

Existe remuneração durante o curso?

A resposta é SIM! Durante o curso, o aluno recebe um auxílio de 50% da remuneração da classe inicial do cargo de Policial Rodoviário Federal. Hoje, o PRF recebe R$ 10.357,88.

A frequência nas aulas é fator decisivo para o recebimento desta remuneração. 

Você precisa frequentar 100% das atividades diárias para ter direito à bolsa. Entretanto, é permitido 15% de faltas, desde que sejam justificadas.

Hospedagem durante o CFP

Durante o Curso de Formação Policial (CFP) a hospedagem é paga pelo aluno. Por isso é pago o auxílio, para viabilizar as despesas que o aluno tem com o curso, moradia e outros.

Como é feita a classificação no curso de formação da PRF?

Os participantes serão avaliados nas tarefas práticas do dia a dia exercendo as atividades de um Policial Rodoviário. 

Além disso, terá a avaliação das provas objetivas, em que os candidatos terão de provar seus conhecimentos teóricos da função.

Inclusive, os candidatos terão de atingir a pontuação necessária para seguir no curso. Caso não consiga atingir a pontuação mínima, o candidato será desclassificado.

É necessário a frequência de 100% do curso. As faltas permitidas são de 15% e precisam ser justificadas, caso contrário, também será um quesito para ser desclassificado. 

Por fim, os candidatos também podem passar por avaliações psicológicas complementares. 

Enxoval PRF

Existe a necessidade de levar alguns itens para o Curso de Formação Policial (CFP) da PRF de 2021, foi divulgada a obrigatoriedade de levar alguns itens. 

Vale ressaltar que, a cada curso, existe a necessidade de se manter atento ao edital. Os itens solicitados para esse ano foram: 

• três camisetas padrão aluno; 

• duas camisetas regatas padrão aluno; 

• um top para as instruções de Princípios Básicos para a Saúde, de cor azul-marinho (feminino) (sem inscrições ou símbolos); 

• duas bermudas de cotton ou equivalente, cujo tamanho alcance a linha média da coxa, para as instruções de Princípios Básicos para a Saúde, de cor azul-marinho (feminino) (sem inscrições ou símbolos); 

• dois shorts de tactel ou equivalente, cujo tamanho alcance a linha média da coxa, para as instruções de Princípios Básicos para a Saúde, de cor azul-marinho (masculino) (sem inscrições ou símbolos); 

• duas calças táticas, de cor caqui (sem inscrições ou símbolos); 

• um agasalho, de cor preta (sem inscrições ou símbolos); 

• dois pares de meias cano médio, de cor preta (sem inscrições ou símbolos); 

• dois pares de meias cano médio, de cor branca (sem inscrições ou símbolos); 

• um par de botas táticas (coturno) cano alto, de cor caqui (sem inscrições ou símbolos); 

• um par de tênis para corrida; 

• sandálias de borracha (tipo havaianas ou similar), de cor preta; 

• um cinto em nylon cor caqui, com fivela preta ou caqui, com largura aproximada de 4,5 mm; 

• uma mochila, com capacidade entre 25 e 35 l, cor preta (com “barrigueira”: tirante à frente do corpo); 

• dois pares de elástico do tipo bombacha; 

• uma capa de chuva em peça única padrão sobretudo na cor preta; 

• um cadeado pequeno; 

• material de higiene pessoal; 

• um borrifador/pulverizador manual (plástico), de 500 ml; 

• um tubo de álcool gel 70% para uso pessoal; 

• dez máscaras de proteção facial de tecido, de cor branca;

• uma caixa com 50 unidades de máscaras descartáveis cirúrgicas na cor branca, com três camadas, para serem usadas obrigatoriamente na prática de atividades físicas;

• um cantil com capacidade de até um litro, cor preta; 

• um óculos de proteção para as instruções de Armamento, Munição e Tiro; 

• protetor intra-auricular para as aulas de Armamento, Munição e Tiro; 

• uma peça de vestuário, do tipo “shemagh”, “lenço palestino” ou equivalente, na cor branca, medindo 1,5 x 1,5m (aproximadamente); 

• um coldre para uso exclusivo em treinamento operacional — arma curta de dotação da PRF (Glock G17 Gen 4); 

• cinto de guarnição produzido em material flexível com fivela rígida e dupla retenção, largura aproximada de 5 cm, de cor FDE (Flat Dark Earth)/TAN ou caqui; 

• quatro presilhas flexíveis para fixação do cinto de guarnição junto ao cinto da calça, cores FDE (Flat Dark Earth)/TAN ou caqui; 

• um porta carregador duplo, de cor FDE (Flat Dark Earth)/TAN ou caqui (para carregador da pistola Glock G17); 135 

• porta algemas, de cor FDE (Flat Dark Earth)/TAN ou caqui; 

• um porta lanterna, de cor FDE (Flat Dark Earth)/TAN ou caqui (para lanterna entre 10 cm e 20 cm); 

• uma lanterna tática (de qualquer cor), com acionamento traseiro, com tecla que possa ser acionada com o polegar e não ficar permanentemente ligada. A cada acionamento da lanterna, não deve alterar o modo de operação (forte/fraca/estrobo, etc.), devendo possuir comprimento entre 10 cm e 20 cm, e espessura da parte que se empunha não superior a 3,5 cm de diâmetro e intensidade a partir de 100 (cem) lúmens; 

• um coldre IWB (de uso interno, velado) para arma curta de dotação da PRF (Glock – G17) para porte velado do armamento; 

• pistola de treino BLUEGUN GLOCK G17 GEN 4 com dois carregadores, feita em polímero de alta resistência e/ou resina, nas dimensões exatas conforme especificações de catálogo da fábrica Glock, podendo ser encaixado acessório no trilho e que permita a troca/retirada de carregadores;

• um Torniquete Tático;

• uma compressa de gaze rolo tipo queijo; especificação: confeccionada em algodão, altamente absorvente, não estéril, com 9 a 13 fios. Dimensões mínimas: 7,5 cm × 3 m. OBS: Em função de comumente não se encontrar a compressa no comprimento de 3m, recomenda-se a compra solidária com posterior divisão entre os membros do grupo; 

• caderno e caderneta de anotações (máximo 10cm x 15cm); 

• protetor bucal transparente de silicone (molde padrão, moldável, ou feito sob medida) no mínimo para a parte superior; 

• rede, liga elástica e grampos para cabelo, cor preta (feminino); 

• trena de Aço 5 Metros, portátil, com sistema de mola que retrai a fita de aço graduada em milímetros e polegadas. Deve possuir opção de travamento e corpo em emborrachado; 

• três metros de elástico tipo “garrote” nº 3, para as instruções de Princípios Básicos para a Saúde 

Itens opcionais

• duas calças de lycra, ou equivalente, cujo tamanho ultrapasse a linha do joelho, para as instruções de Princípios Básicos para a Saúde, de cor azul-marinho (feminino); 

• duas calças adequadas à prática esportiva, para as instruções de Princípios Básicos para a Saúde, de cor azul-marinho (sem inscrições ou símbolos); 

• máscaras descartáveis brancas com no mínimo duas camadas; 

• camisa térmica com proteção solar, tipo segunda pele, cor branca; 

• bermuda térmica na cor azul-marinho; 

• cachecol, cor preta; 

• gorro, cor preta; 

• luvas cor preta; 

• relógio de pulso nas cores preta ou cinza (discreto); 

• uma sunga de banho, de cor azul-marinho (masculino); 

• um maiô para natação, de cor azul-marinho (feminino); 

• um protetor auricular, tipo “concha”, com capacidade de redução de ruído de pelo menos 24db, se possível do tipo eletrônico, em cores discretas. 

Conclusão

Como podemos observar, o Curso de Formação Policial (CFP) no concurso da PRF é indispensável para seguir a jornada para se tornar um Policial Rodoviário Federal.

Por esse motivo, aconselho você a se dedicar ao máximo, além de prestar atenção nas normas e regras que o curso exige. 

E lembre-se: se tiver qualquer divergência, aconselho que procure um advogado especialista em servidores públicos e concursos para analisar a situação. 

Agnaldo Bastos, advogado especialista em ajudar candidatos de concursos públicos que sofrem injustiças e, também, servidores públicos perante atos ilegais praticados pela Administração Pública, atuando em Processo Administrativo Disciplinar (PAD) e em Ações de Ato de Improbidade Administrativa.

Fonte: concursos.adv.br